Deputado Maluf defende mais investimentos na Atenção Básica

Política - SAÚDE

Redação 79 acessos



A necessidade de melhoria da infraestrutura da Atenção Primária à Saúde e de capacitação dos profissionais que atuam no setor foram alguns dos principais temas abordados durante workshop realiz se refere à Atenção Primária em Mato Grosso. Para o deputado Guilherme Maluf, que é médico e vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, a melhoria dos serviços ofertados no estado está condicionada a diversos fatores, sendo um dos principais a capacitação dos profissionais da área.
“A principal preocupação dos agentes públicos costuma estar voltada aos hospitais, quando deveria estar voltada à Atenção Básica. Essa é uma máxima que precisamos desconstruir. Precisamos mostrar a importância da Atenção Básica. Precisamos evoluir e para isso também precisamos investir mais na capacitação dos profissionais que atuam no setor”, afirmou o parlamentar.
Ciente da necessidade de investimentos no setor e da escassez de recursos do Estado, Maluf apresentou emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão ao Orçamento de 2018 para capacitação dos agentes de saúde.
Cobertura em MT
Segundo o coordenador de departamento de saúde coletiva da Universidade de Cuiabá (Unic) e do programa de residência médica em medicina de Família e Comunidade do Hospital Geral, Cleo Borges, o índice de cobertura dos serviços de Atenção Básica em Mato Grosso é muito inferior ao definido pelo Ministério da Saúde.
“O Ministério da Saúde diz que cada equipe de Atenção Básica deve atender de 2 mil a 3,5 mil pessoas, mas em Cuiabá cada equipe atende cerca 6 mil pessoas, o que resulta em uma cobertura de aproximadamente 35%. Se levarmos em conta os novos parâmetros estabelecidos pela Portaria Nacional da Atenção Básica, essa cobertura reduz para 17%, que é um índice muito pequeno e demonstra que as nossas unidades estão superlotadas”, expôs.
Política Nacional de Atenção Básica
O médico de Família e Comunidade da Estratégia Saúde da Família (ESF) Granja do Torto (DF), Tiago Sousa Neiva, falou sobre o papel da Atenção Básica dentro do Sistema Único de Saúde (SUS) e apresentou as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de Atenção Básica (Pnab), sobretudo em relação à formação dos médicos e dos agentes comunitários de saúde.
“A Pnab tem muitas inovações, mas o foco principal é a responsabilização em relação aos entes, tanto a União, como os estados e municípios, em garantir as condições necessárias relacionadas à infraestrutura física e também caminhos de relacionamento com instituições públicas e privadas de ensino para dar aos servidores da Atenção Primária as competências necessárias para cumprirem seus papéis”, disse.
Tiago Neiva também chamou a atenção para a deficiência da Rede Assistencial de Saúde. “A Rede Assistencial de Saúde agrega todos os entes, Atenção Primária, Secundária, Terciária, laboratórios, serviços e pessoas que atendem todas as demandas. No entanto, essa rede é muito deficiente de qualidade e também não atende às necessidades da Atenção Primária”, ressaltou.
Para o médico, a realização de eventos como o promovido pelo deputado Guilherme Maluf contribui para a melhoria dos serviços ofertados à população. “Quero parabenizar o deputado por essa iniciativa. A política pública de saúde tem que ser feita por profissionais e esse evento representa um esforço no sentido de tornar a política pública de saúde mais técnica”, afirmou.

Comente, sua opinião é Importante!