Prefeito Zé Carlos do Pátio chama responsabilidade e ajuda resolver problema de UTI na Santa Casa

Política

Redação 77 acessos



O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) foi o fator preponderante no processo de abertura da UTI Infantil da Santa Casa, que foi fechada no começo do mês de novembro.
Pátio ao ver a situação
blico.
O prefeito trouxe todos para o seu gabinete e externou ao MP e ao Governador a situação e os prejuízos que a UTI Fechada está trazendo para a cidade e ainda mobilizou a classe política também na esfera federal para tentar viabilizar o credenciamento da Santa Casa no SUS. O prefeito agiu como um bombeiro para controlar um verdadeiro incêndio na saúde pública local.
O resultado imediato da reunião foi a declaração do diretor do hospital Kemper Carlos Pereira que a UTI Infantil seria reaberta assim que mobilizasse os profissionais para trabalhar que estavam em outras cidades e estados. A data para a reabertura inclusive já está marcada para o dia 4 de dezembro, quando os médicos e demais funcionários recomeçam o trabalho.
O acordo foi finalizado após o compromisso do governador Pedro Taques em regularizar os pagamentos que estavam sendo questionados pela direção do hospital. Taques, por sua vez, explicou que estes pagamentos não seriam de responsabilidade do Estado, mas mesmo assim, fará os repasses dentro de um cronograma pré-estabelecido na reunião. O primeiro repasse estava programado para esta sexta-feira. “Ninguém abre UTI para fechar, e eu não quero e nem vou fazer isso, mesmo com essa UTI fechada não deixamos uma criança sem atendimento, buscamos alternativas para evitar o pior”, disse o governador.
Taques ainda enumerou que dobrou o número de UTIs em Rondonópolis. “Estamos trabalhando de forma séria pela nossa saúde”, disse.
O prefeito Zé do Pátio completou a informação e reconheceu o empenho do governador. Pátio, no entanto, deixou claro que como prefeito vai trabalhar para melhorar a infraestrutura para o atendimento da população e tem feito um trabalho em sintonia com o governo do Estado e com a bancada federal para buscar e garantir mais investimentos em Rondonópolis. “Temos muito a melhorar mas estou vendo uma evolução, hoje fazemos aqui em Rondonópolis pelo SUS, a cirurgia de peito aberto, antes tínhamos que mandar os nossos pacientes para outras cidades ou estados”, completou o prefeito.

Comente, sua opinião é Importante!