Mais do mesmo

Editorial

Redação 314 acessos



O resultado da lista divulgada na terça-feira pelo ministro, Edson Facchin, mostra que o país precisa ser revisto em todos os aspectos e que a legislação precisa também ser reavaliada sob o riscodas. No entanto, é preciso deixar claro, que 90% das investigações são resultado das campanhas eleitorais.
O motivo é simples, as campanhas no Brasil são extremamente caras e o que se coloca de gastos oficiais são na realidade, uma parcela pequena do que realmente se gasta em disputa eleitoral, principalmente em cargos majoritários. Desta forma, o dinheiro vindo de empreiteiras, em alguns casos, acaba se transformando em caixa 2 e justamente aí está a raiz do problema.
No Brasil, ainda não há mecanismos eficientes de combate ao chamada caixa 2 de campanha. No entanto, esperamos que o fim do caixa 2 seja, de fato, o primeiro grande efeito da operação Lava Jato na política brasileira.
É preciso deixar claro que o Caixa 2 é de um dos maiores males da política nacional, pois em todas as vezes que esse mecanismo é usado em campanha eleitoral, ele é uma forma de ludibriar a Justiça Eleitoral e principalmente o eleitor, deixando a disputa, no mínimo, desigual, e obviamente mais cara.
Para completar o dinheiro do Caixa 2, em muitos casos, tem origem ilícita, e com toda a certeza é resultado de propinas e negociatas para beneficiar apenas um grupo político.
Por esse ângulo, é passada a hora é o momento de acabar com o Caixa 2, não somente nas campanhas eleitorais, como principalmente em todos os setores da política em nosso país.
A chance da corrupção na política no Brasil diminuir é dar punição exemplar aos que utilizam deste expediente e buscar uma forma clara de acabar com o caixa 2 no Brasil. Caso contrário, essa será a primeira de muitas operações Lava Jato no país. Pois, se prendem os corruptos, mas a corrupção vai continuar com o passar dos anos, isso se nada for feito .
Portanto, a Lava Jato, deve ir além da punição de corruptos e mudar sim o conceito das leis e punições no Brasil, caso contrário vamos ver o mais do mesmo, por décadas e séculos.

Comente, sua opinião é Importante!