Rondonópolis, 63 anos, de Marinho a Lamartine

Editorial

Redação 346 acessos



A cidade de Rondonópolis comemora 63 anos de emancipação político-administrativa, o que, de fato, não deixa de ser um marco em razão do crescimento exponencial de nossa cidade, visto que neste pmpanhando de perto, tudo o que acontece em nossa cidade. Em datas comemorativas como essas, a nossa meta é fornecer ao leitor, um grande documento histórico para que tudo fique , realmente, arquivado e guardado na memória de quem acompanha a nossa cidade e que a história de nossa cidade não se perca ou desapareça com o tempo. Nosso foco é preservar o nosso passado para explicarmos o presente e o futuro.
A cada ano, escolhemos temas diferentes para apresentarmos na Folha Regional, nesta edição vamos destacar o desenvolvimento de nossa cidade nos setores da Cultura e do Esporte. O objetivo é mostrar que não somos apenas a capital nacional do bitrem, os chamados veículos rodantes pesados ou grande produtora de soja e algodão e sim também podemos ser chamados de capital da Cultura, onde temos talentos em diversos setores e do Esporte.
A Cultura é tão importante para o rondonopolitano que o aeroporto da cidade leva o nome de um dos ícones do setor, o maestro Marinho Franco, que no passado, por meio da sua banda Marinho e Seus Beat Boys, embalava multidões, vale destacar que a banda, mesmo sem o maestro está na ativa até os dias de hoje, agora com roupagem nova e comandada por filhos e netos do maestro. Marinho e muitos batalhadores da cultura deixaram o seu legado.
No Esporte, também temos muito a contar desde o antigo estádio Luthero Lopes até o atual e o setor também produziu ícones como Lamartine da Nóbrega, primeiro presidente do União Esporte Clube e um visionário do setor. Lamartine faleceu recentemente, mas deixou um grande legado para cidade.
Estes foram apenas dois exemplos de pessoas que fizeram muito pela cidade e são lembradas até os dias de hoje, mas não podemos esquecer que ainda há muita gente que também fez e está fazendo pela história de nossa cidade e pelo nosso Esporte e Cultura.
Mas, o objetivo principal é lembrar e homenagear a cidade, seus ícones e também pessoas que nasceram aqui ou vieram de fora, mas de alguma maneira está contribuindo para o crescimento de nossa história.
Portanto parabéns a todos que contribuem ou contribuíram para a nossa história e nossa cidade.

Comente, sua opinião é Importante!